18 de fev de 2014

COMO VIRAR SUA CIDADE- EDIÇÃO SANTA INÊS

GRAFITE, CINEMA, JARDINS VERTICAIS E OUTRAS MANIFESTAÇÕES OCUPAM FAVELA NA ZONA LESTE DE SÃO PAULO

Nos dias 22 e 23 de fevereiro, a rede Como Virar a sua Cidade faz sua primeira intervenção conjunta na comunidade Santa Inês, em Ermelino Matarazzo



Piquenique comunitário, grafite, projeção do filme Cidade Cinza, campeonato de bolinha de gude, show de música latino americana com o grupo Palimpsesto, construção de jardim vertical e galeria de arte itinerante são algumas das atividades que serão feitas com os moradores da favela Santa Inês no sábado e domingo, 22 e 23 de fevereiro. A ação é a primeira de uma série que a rede planeja fazer na cidade, com o objetivo de mobilizar os moradores, ocupar e revitalizar espaços públicos.

“O evento é uma oportunidade de troca de experiências entre os coletivos de intervenção urbana e a comunidade de Santa Inês. É também uma porta de entrada para que mais iniciativas se articulem com os moradores e contribuam para o desenvolvimento local de forma sustentável”, explica Alex Fisberg, diretor executivo da Fundação Fenômenos, articuladora da rede Como Virar a sua Cidade.

Nove grupos participantes da rede Como Virar a sua Cidade atuarão realizando intervenções urbanas, ações de reaproveitamento de lixo, vídeo, artes plásticas e educação ambiental. A ocupação do espaço público e a transformação da cidade em um lugar mais humano é o denominador comum desses grupos que, antes de se unirem, já executavam seus projetos em várias regiões da capital. A rede nasceu durante a Virada Sustentável de 2013 e já expôs seus projetos na X Bienal Internacional de Arquitetura, no ano passado. A partir dessa articulação, a rede decidiu realizar uma intervenção coletiva e escolheu, como ponto de partida, o projeto já desenvolvido pelo Ateliê Azu, que há sete anos atua com cerâmica artesanal e arte-educação na comunidade Santa Inês.

Evento no Facebook:

 https://www.facebook.com/events/789098464452184/?fref=ts

O evento é aberto e gratuito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar sua opinião sobre nosso trabalho!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores